Lista de resoluções para o ano novo

large (1)

Todo fim de ano é a mesma coisa. As pessoas estão cansadas demais, por isso, preferem ignorar as promessas feitas lá no comecinho de 2015. É muito mais fácil deixá-las para lá, afinal, foram ignoradas o ano inteiro de qualquer forma. Mas apesar da aparente indiferença que predomina na maioria, por que diabos ainda ficamos tristes por coisas que deveríamos ter feito?

Parece-me que essa questão é simples. Talvez (e só talvez) essa sensação de fracasso exista porque as pequenas vitórias costumam ser deixadas de lado. Assim, se a sua resposta para a pergunta “o que você fez neste ano” não for relacionada com as palavras carro, casa e qualquer outro bem material, o ano automaticamente de nada valeu.

Por que é tão difícil olhar para as coisas pequenas – sim, serei clichê pois é necessário – e se sentir realizado? Por que não responder “fiz um amigo incrível”, “consegui passar por mais um ano na faculdade sem ter um derrame” ou “adotei um cachorro de rua”, quando o assunto for o que você fez neste ano?

Desapegue das metas superficiais em 2016. Então, quando aquela música irritante ecoar em sua cabeça perguntando “então é natal e o que você fez?” responda: “vivi. O que mais eu poderia ter feito?”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s