Sobre ter 20 anos

70

Tenho pensado muito em cadernos. Sim, cadernos. Aqueles bem pequenos, de uma cor só, com a capa mais mole que eu em uma segunda-feira. Pensei em como eles foram meu primeiro contato com a escrita e em como minha mãe os encapava perfeitamente. Pensei também em como eu ficava ansiosa pra trocá-los por cadernos maiores e lembrei-me da minha felicidade quando finalmente os ganhei.

Tenho revirado fotos antigas. Gosto de olhar nos meus próprios olhos de criança e imaginar o que eu estava pensando naquele momento. Fico tentando descobrir o motivo dos meus sorrisos. Gostaria de poder lembrar de todos os segundos que vivi até aqui.

Tenho pensado em minhas conquistas. Os cadernos e sorrisos que conquistei, as coisas que ainda não fiz. Pensei em como sofri por não ser tudo o que eu gostaria de ser, por achar que eu não havia conquistado nada aos 20 anos de idade. Sofri muito mais quando percebi que não se trata de conquistar bens materiais. Minhas maiores conquistas são espirituais. Isso ninguém tira de mim.

20 anos existindo nesse planeta lindo. Obrigada, universo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s