Mais do que apenas um mestre do terror

Edgar Allan Poe

Foto: We Heart It

Edgar Allan Poe foi um poeta, escritor e crítico literário atormentado. Problemas com bebidas e família eram os principais motivos para justificar sua alma sombria. Desde pequeno, teve que lidar com muitas perdas, entre elas a morte de sua esposa Virginia, a quem teve que assistir morrer já debilitada pela doença.

Há quem diga que Poe é apenas conhecido por seus contos de terror. Vejo o escritor como algo muito além disso. No seu último poema completo publicado, escrito em 1849 e intitulado Annabel Lee, ele demonstra toda sua delicadeza ao ressaltar as características da bela mulher e concluir dizendo que nem os demônios podem separar sua alma da alma da bela Annabel Lee. Sua capacidade de desenvolver enredos e criar cenários, vai além das histórias macabras.

Poe não criava um ambiente sobrenatural e assustador. Ele colocava um indivíduo perturbado dentro de um mundo perfeitamente normal. É isso que acontece na série da Warner inspirada em suas obras, The Following. O programa utiliza as obras de Edgar como referência para o serial killer Joe Caroll.

Joe é um professor de literatura com uma capacidade de persuasão incrível. Ele é carismático, sedutor e inteligente, por esse motivo inspira as pessoas a segui-lo. Em um de seus banhos de sangue, ele é preso e condenado por Ryan Hardy, que é interpretado por Kevin Bacon. No conflito dois dois, Hardy chegou perto da morte e por isso, vive com um marca-passo no coração. Após dez anos, já aposentado do FBI, Ryan vê sua vida virar de cabeça pra baixo novamente quando descobre que Joe Caroll fugiu da prisão e que ele é o único que pode capturá-lo.

Caroll busca vingança e tem um objetivo – fazer Hardy sofrer. Inicia-se então uma série de assassinatos ocasionados por Joe e seus seguidores. O problema é: quem são eles? Será que podemos confiar em qualquer um, quando nem sabemos quem é o inimigo? Caroll traduz e captura a essência do que é um personagem de Poe: uma pessoa comum e inofensiva ao mesmo tempo em que é fria e cruel.

Imagem

Foto: Google Images

As tramas são muito bem elaboradas, embora eu acredite que as obras de Poe nem estejam tão explícitas na série. De qualquer forma, é um enredo envolvente e cheio de mistério assim como a vida e obra desse grande escritor. Falando em mistério, as dúvidas acerca de sua morte sempre geraram teorias diversas. Alguns acreditam que foi suicídio, outros juram que foi o alcoolismo. Suas últimas palavras teriam sido ‘’Deus ajude minha pobre alma.’’

A série The Following contribuiu para a divulgação de Poe. Amantes do programa passaram a pesquisar sobre sua vida e ler suas obras para entender as histórias narradas na televisão. O Brasil pegou carona na popularidade do autor e lançou uma série chamada Contos do Edgar, exibida pelo canal Fox. Desde então, jovens e adultos passaram a conhecê-lo e admirá-lo por seu legado.

Em Baltimore, a casa de Edgar Allan Poe foi transformada em um museu. Vários souvenirs do escritor estão à venda e a instituição organiza eventos e até casamentos lá. Já pensou que legal casar na casa do Poe? Eu adoraria.

Imagem

Crédito da foto: The Poe Museum

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s